content page template

Concentre-se em Vanuatu

IMG_0288mapmapmap

Vanuatu

Vanuatu é uma democracia jovem que enfrenta numerosos desafios como um estado emergente. Mais de 80% da população vive em pequenas aldeias comunais e depende da agricultura de subsistência e sazonal de pequena escala. Esta nação faz parte da região etno-geográfica da Melanesia .Tem das mais ricas diversidades linguísticas e um vasto sistema social e de governação tradicionais . Este factor é complexo para estabelecer a coesão interna da nação e de um estado moderno.
Vanuatu é composto de muitas ilhas com um relevo acidentado invulgar , climas rigorosos e muito vulnerável a ocorrnêcia de desastres naturais. Estes factores limitam os sistemas de transporte e comunicaçoes.

IMG_2284

A Melanésia é caracterizada por ostentar dois sistemas de economia e governação. os sistemas modernos ou nacionais de governação sobrepoem-se aos complexos sistemas tradicionais (kastom) . O conhecimento e inclusão dos aldeões ao sistema nacional é bastante limitado.

O impacto do sistema moderno ao nível das aldeias está em crescimento , através de mega projectos de exploração de recursos naturais (mineração, madeira) turismo , captação investimento economico e outros factores externos como álcool , HIV/AIDS e processamento de alimentos . O aldeão não imgina e nem ajuda na compreensão destes factos . Isto desgasta a consistência do sistema de kastom.

A falta de senso comum histórico quanto a identidade nacional agrava os problemas de funcionamento das intituiçoes e limita a relevância dos sistemas de governação nacionais a nível das comunidades . Muitos aldeões pensam que o estado desconhece a sua realidade diária e têm pouco sentido de cidadania e auto-estima.

Port Vila graffiti IMG_2433

A agricultura , turismo , e serviços financeiros , são os maiores contribuentes da renda nacional . Estas indústrias são altamente corruptas , distribuem mal a renda , e causam danos ambientais que podem estimular o agravamento de conflitos a nível local e governativo . Parte significante da renda gerada no Pais è depositada no exterior.

Vanuatu mostra indicadores crescentes de vulnerabilidade para conflitos e de colapso de governação , bem como protuberância juvenil , rápido crescimento urbano , altas taxas de desemprego e distribuição desigual da riqueza . É necessário reduzir os factores risco de conflito incluindo a corrupção e disputas pela posse da terra e recursos naturais.
Os níveis de alfabetização são muito baixos em ambos os países. A tradição oral permanece forte, e o conceito de ” voz ” e ” história ” são métodos culturais fortes de governação por afirmação comunitária e decisão consensual. Também há uma forte consideração e respeito da autoridade , que pode inibir as pessoas de expressarem-se directamente contra líderes.
Vanuatu , um condomínio ex-anglo-francês , se tornou uma república com elementos de ambos os sistemas coloniais , e com um papel constitucional reservado para o principal sistema tradicional.

Sua economia depende do turismo, agricultura e leis liberais financeiras , tornando-se no primeiro paraiso fiscal da região de Pacífico.

Melanesia

Melanesia é a maior região das Ilhas do Pacífico em termos de superficie terrestre e população, estimada  em cerca de  10 milhões de pessoas . A região é   constituida de nações independentes , Vanuatu , Papua-Nova Guiné, Ilhas Salomão e Fiji , e territórios não-independentes de Papua Ocidental (Indonésia) e Nova Caledonia (França). Sua singularidade cultural no mundo é profunda , mas não é amplamente reconhecida . Esta singularidade do relevo de milhares de ilhas , estende-se desde as grandes montanhas das ilhas  da Nova Guiné aos minúsculos  atóis de coral . Este facto deu origem a uma diversidade incrível de culturas com relações de intercãmbio e um antepassado comum  sem igual , e cada uma com o seu próprio carácter . A  exclusividade do clima e relevo da Melanesia fezem das culturas indígenas da região únicas e consistentes – acima de 80% das pessoas ainda vive em grupos em pequenas aldeias e praticam agricultura tradicional de subsisténcia . É provável que o maior grupo de pessoas indígenas que aínda existe permaneça intacto apesar  de várias pressões e influência  externa  exploratória.

IMG_2525

A Melanesia tem mais de mil idiomas diferentes. Isto representa um quarto das linguas faladas no mundo. Cada lingua é uma cultura distinta , com seu próprio reportório de canções , danças , ritmos e arte.  A Música  e a execução da dança não são só um corolário para a vida cotidiana na Melanesia.

As artes estão intrinsicamente ligadas a cultura , como ritual , e marca da epocas . Nas sociedades  menos alfabetizadas , como dispositivos mnemônicos para o registo da história e da herança. Assim os Melanesios são  por natureza  músicos , cantores e dançarinos , com um rico e vasto património tradicional  para herdar.

Converter este expólio em música contemporânea é porém um pouco problemático  . Não está em causa o talento e a vontade. A indústria discográfica  nacional (amadora) , está prosperando notavelmente  ,  com  ganhos , acesso a tecnologia e outras competências  associadas . Há centenas de  pequenos estúdios  de gravação e produtoras para o consumo local . A produção é em pequena escala , e sem rede de distribuição , ganham -se poucos  rendimentos. O  trabalho é feito por amor a  arte . Os jovens encontram sempre na música e na dança grande inspiração e motivação para viver , pois muitos são por natureza talentosos , e há várias bandas musicais que surgem e desaparecem . Há um sector comercial de música que cresce , e um mercado regional dominado por um pequeno número de marcas discográficas . As gravações são vendidas além fronteiras e  freqüentemente registadas no ambito de um inendimento mutuo regional (língua franca) , mas também há uma exigência de ouvir canções em outros idiomas regionais , se a música for atraente.

IMG_2351

É  oneroso  determinar  os  dados por sector , devido à natureza crescente  instituições modernas e a menor importância dada aos sectores culturais e criativos pelos  governos , e dificuldades na comunicação  e transporte . Porém o FNA através do Projecto Festival  de Intercãmbio APC , começou a  identificar e a quantificar os actores e as instalações.

A produção Musical na região da Melanesia é tão popular ao ponto de cativar a atenção da opinião publica destas regiões a promoverem a sua diversidade cultural . A sua riqueza , originalidade , e vitalidade , podem transformar-se num grande activo económico e cultural em cada um destes Países . A economia do sector permanece frágil e continua dependente dos mercados internacionais e sofre o impacto perverso da ″ padronização ″ e ″ ocidentalização ″ de modelos para satisfazer as exigências do mercado.

Este facto prejudica o valor e a diversidade da herança cultural Índigena . O informalismo econômico é que caracteriza o ambiente econômico e social deste sector que está ainda a desenvolver . As práticas , equipamentos , e níveis de profissionalização precisam de ser potênciadas e apoiadas através de associaçôes , intercãmbio e advogacia para estabelecer um sistema formal e desenvolver políticas com ampla participação de artístas e profissionais , tanto a nível regional e nacional . Assim , desenvolvimento do mercado de música índigena regional , bem como o intercãmbio , e aferição do estágio cultural è essencial .